SÍNDICO PROFISSIONAL

A Rubi assume o papel e função de síndico, quando os condomínios optam em não ter um sindico morador ou quando nenhum condômino tenha interesse em ser o síndico.
Conforme atribuições específicas e constantes da Lei 10.406, de 10 de janeiro de 2002 (Código Civil), são
responsabilidades do síndico:

foto-modulo

Compete ao síndico:

I – Convocar a assembleia dos condôminos;

II – Representar, ativa e passivamente, o condomínio, praticando, em juízo ou fora dele, os atos necessários à defesa dos interesses comuns;

III – Dar imediato conhecimento à assembleia da existência de procedimento judicial ou administrativo, de interesse do condomínio;

IV – Cumprir e fazer cumprir a convenção, o regimento interno e as determinações da assembleia;

V – Diligenciar a conservação e a guarda das partes comuns e zelar pela prestação dos serviços que interessem aos possuidores;

VI – Elaborar o orçamento da receita e da despesa relativa a cada ano;

VII – Cobrar dos condôminos as suas contribuições, bem como impor e cobrar as multas devidas;

VIII – Prestar contas à assembleia, anualmente e quando exigidas;

IX – Realizar o seguro da edificação.

X – Contratar profissionais, quando necessário, para a defesa dos interesses do condomínio, em comum acordo com os membros do conselho ou mesmo deliberações de assembleias;

XI – Ter sob sua guarda e transferir ao seu sucessor todos os valores, livros, documentos, plantas, registros, etc., e tudo mais de propriedade do condomínio;

XII – Organizar o quadro dos empregados para os serviços comuns, designando-lhes atribuições, deveres e obrigações, em comum acordo com os membros do conselho ou mesmo deliberações de assembleias;

Solicite uma proposta

Os serviços diferenciados que a Rubi oferece ao seu condomínio garantem uma administração muito mais efetiva e descomplicada. Se você deseja contar com estas facilidades, torne-se um cliente Rubi Condomínios.